Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

sábado, 31 de dezembro de 2011

Brasilia vs Akhetaton



Você sabia que uma cidade egípcia, descoberta há pouco tempo pelos arqueólogos, tem muitas, mas muitas semelhanças com a capital do Brasil? Planejada há 3.750 anos atrás, a cidade egípcia de Akhetaton foi construída para dar início a uma nova era, sem corrupção nem guerras ou seja a paz mundial..

.
As coincidências são tantas e tão gritantes que algumas agências de turismo até já incluíram o tour em seus calendários. É o roteiro Brasília Secreta, que pretende trazer visitantes brasileiros e do exterior para descobrir o misticismo egípcio que ronda a cidade....

Brasília é em forma de avião, não é? (O famoso plano-piloto...). Pois bem, a cidade egípcia de Akhetaton tem a forma de um pássaro...As asas, tanto do avião (Brasília) quanto do pássaro (da cidade egípcia), têm exatos 16 quilômetros de envergadura.
















Em quanto tempo a cidade ficou pronta? Brasília, 4 anos; Akhetaton, 4 anos também... As duas cidades são cidades planejadas, e foram construídas bem no centro dos respectivos países. O faraó também ordenou a construção de um lago artificial na cidade, para amenizar o clima desértico (assim como o Lago Paranoá, em Brasília). Para isso, foi puxado um canal do Rio Nilo...

E não acaba por aí; o faraó que ordenou a construção da cidade egípcia morreu 16 anos depois da inauguração da cidade. Juscelino Kubitschek morreu em 1976 (16 anos depois da inauguração de Brasília)... Ambos tiveram mortes violentas, e ainda por cima há quem veja semelhança física entre os dois líderes políticos...



Depois da morte de Akhenaton a cidade foi destruída, para que o mundo se esquecesse do sonho visionário do seu construtor. Depois da morte (misteriosa) de Juscelino Kubitschek, Brasília (como todos nós sabemos) não foi destruída, mas em compensação a política...

ainda não terminou...

nesta cidade egípcia, havia uma pirâmide que era intutulada a fornecedora de energia...

em Brasilia a industria, por assim dizer, de energia é em forma de pirâmide

quinta-feira, 12 de maio de 2011

A Loir Do Banheir0

A Loira do Banheiro 
Essa é sem dúvida a lenda mais conhecida da lista, já tinha ouvido diversas versões diferentes em diversos estados diferentes (já ouvi versões dessa lenda  em Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Bahia e Espirito Santo, pesquisei muito sobre essa historia) dessa mesma lenda, mas no final, a base era quase sempre a mesma. Uma aluna (algumas vezes uma professora) loira e muito bonita que aparece nos banheiros dos colégios assustando os estudantes que matam aula. Uma constate em todas as versões é o algodão, a Loira está sempre envolta nele, ou com ele saindo de suas feridas, olhos e ouvidos. Algumas versões a retratam como um professora que foi assassinada por alunos revoltados, que não satisfeitos, a torturaram fazendo cortes profundos em sua pele e enfiando algodão nas feridas. Em outras versões ela é uma aluna que morreu no banheiro da escola enquanto matava aula (às vezes devido a um escorregão que terminava com sua cabeça na privado, outras vezes ela morria sufocada com um mau cheiro que saía do ralo, bizarro mesmo!), após sua morte, seu espirito passou a ficar vagando pelos banheiros assustando os alunos que matam aula como ela fazia, nesse caso o algodão é referente aos tufos que os médicos enfiam no nariz, boca e ouvidos dos mortos por conta das secreções post mortem. Há ainda quem diga que pode-se invocar a Loira do Banheiro dando descarga três vezes, depois chutando o vaso uma vez e por fim virando-se rapidamente para o espelho.