Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

sábado, 15 de novembro de 2008

A LENDA DE POLTERGEIST



Agora eu vou falar de uma das lendas mais faladas nos Estados Unidos...
  A unica vez que um espirito matou uma pessoa, é a lenda de POLTERGEIST.
   Numa pacata cidade nos EUA, viviam uma família, onde moravam os pais, dois irmãos e as duas irmãs, além dos vizinhos bem calorosos e supersticiosos.
Um dia desses o patriarca desta casa foi ao jure com uma velha senhora encrenqueira que morava ali por perto, ele havia roubado as terras dela, o juri faz o seu julgamento, ele é declarado inocente e a velha morrendo de raiva olha pra ele, bem nos olhos dele que os retorna de maneira sorrateira, como num filme em slo-mo-tion ela diz:,
    -Eis aqui o MEU julgamento: tua família cairá em desgraça junto com esta tua filhinha adorada, eu não vou sucumbir as leis dos homens, todos verão a sua culpa na sua família desgraçada e ninguém o ajudará pois saberão a verdade...
Desse dia em diante tudo piorou, primeiro a fazenda começou a morrer, a plantação secou e os animais morreram, iam ficando cada vez mais pobres além disso, noite após noite a menina não dormia, na escola ela dormia em sua carteira, e no recreio não brincava mais como antes.
   Certo dia, a mãe dela escuta o seu marido se levantar e ir la no quarto dela, ela ouve barulhos estranhos vindos de lá, e é nesse dia que tudo começa, a casa começa a fazer barulhos estranhos, rangidos, barulhos de respiração, pegadas e tudo mais.
Lá em cima, a menina está em seu quarto dormindo quando a coberta dela é puxada por uma espécie de espírito, sem perceber, ela simplesmente pega a coberta de volta, e o espírito volta a pegar o cobertor, vocês deveriam ver a cara dela de espanto quando a ficha dela caiu, mas que criatura é essa que esta puxando a minha coberta?
    Nesse momento seu pai estava subindo a escada do seu quarto, la dentro a garota está sentada na cama, aterrorizada, tentando achar uma explicação lógica para aquilo, será um dos meus irmãos? será que estou ficando insana? De repente, seus cabelos vão subindo pra cima, como se uma espécie de espírito os levantassem, quando seu pai abre a porta, a garota está suspensa no ar, e os objetos do quarto flutuando, como se as leis da gravidade não se aplicassem ali, estava tudo se batendo de maneira horrível, ainda tinha o frio e o vento pela janela a gritaria, um Horror!!
    A garota suspensa no ar, é estapeada no rosto, dando a impressão que levou vários tapas na cara e arranhada, seu pai até tenta ajudar, mas o espirito o joga para longe, essa cena horrível, durou uns bons minutos e depois cessam.
    Claro! Todos culparam a velha, ela estava sumida até então, e jamais ousará por os pés naquelas terras novamente.  
   Esse drama continuou na noite seguinte, e na outra noite e na outra, ninguém sabia o que fazer, a garota sofrera todas as noites.
    Até que o professor da cidade toma conhecimento, então ele vai ate la para ver o que está acontecendo, mas não acredita muito nisso, como professor e pedagogo, acredita mais na ciência do que em espíritos, ele simplesmente vai lá pra achar uma explicação lógica para aquilo tudo, e claro, flertar um pouco com a jovem.   Chegando la, o espirito já enfurecido quebra todas as janelas e joga os moveis para todos os lados, ele tenta achar uma explicação racional mas nem chega perto.
    Nada resolvia, padres, evangélicos, nada!!
Até que depois de uns dias, o pai consegue encontrar a velha, e ele em vez de ameaça-la para fazer parar os ataques, vende a sua alma pra velha, ela por sua vez, apenas ri da sua cara e vergonha e diz:
    - Velho desgraçado, quem não te conhece que te compra, tu só buscastes apenas seu próprio bem e não o da sua filha, tenho pena da garota, e a sua alma ja esta na mãos do diabo faz tempo.
      Depois de um tempo, o pai morre de tuberculose, e os ataques simplesmente param, a sua mulher vai pouco tempo depois e a ultima coisa que ela consegue dizer pra sua filha é uma pergunta curiosa:
      - Por que as visitas a noite do seu pai?
   A historia acaba aqui.
Muitos deduzem que os espíritos ancestrais da garota inventavam os ataques para livra-la das visitas do pai, que ia la para abusar da sua garota, outros dizem que era a propria garota simulando tudo, mas até hoje, não se sabe, e a velha casa junto com a fazenda, está abandonada com a casa original onde os ataques aconteceram.