Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de maio de 2016

As Abelhas Serão a Ruína da Raça Humana

"Se as abelhas desparecessem da face da Terra, a Humanidade teria apenas quatro anos de vida”

     Quem disse isso foi nada mais, nada menos que Albert Einstein.   Muita gente pensaria, ora, com nossa tecnologia atual, nossos governantes iriam fazer alguma coisa, não é?
     Vamos aos fatos: As abelhas são responsáveis pela polonização de mais de 80% das espécies de vegetais, outros animais também realizam a polonização mas com muito menos intensidade.
    A extinção das abelhas, significaria a extinção de muitos vegetais o que levaria a um efeito "dominó".

   1 - Muitos vegetais extintos, é uma coisa grave, já que na natureza os animais se comportam de forma sistemática, alguns comem apenas determinado vegetal, não saem comendo qualquer coisa, logo, esses animais seriam os primeiros a morrer.
   2 -  No primeiro ano, tudo seria mantido no sigilo, os mais poderosos, claro fariam de tudo para encobrir, diriam que é crise, que a comida está escassa, que tudo é consequência do aquecimento global.
  3 - Quando os recursos estiverem cada vez mais escassos, o homem começaria guerras por causa de alimento e é aí que entra a primeira pergunta que fiz no começo, com nossa tecnologia, não teria como parar tal evento? Sim, teria, se as pessoas fossem unidas, mas não somos, não iremos saber quando isso acontecer, ninguém vai se unir e usar tecnologia para isso, pois já está acontecendo e ninguém está fazendo nada, vamos fazer o que sempre fazemos, vamos segurar o sentido de ser civilizados até certo ponto, depois tudo se tratará de uma luta para a sobrevivência.
4 - os Humanos ainda tentariam se alimentar dos animais carnívoros presos como tigres, leões e etc, já que a dieta deles é diferente e se baseia em carne o que pode ser trocado por ração feita com qualquer coisa, inclusive animais mortos, ossos e etc. o que levaria no aumento de doenças já que sabemos que os vírus sofrem mutações quando passam de uma espécie para outra.
5 - Alguns seres humanos conseguiriam sobreviver durante alguns anos num mundo apocalíptico, sem ninguém tomando conta, hostil e com poucos recursos o que levaria a extinção da humanidade em poucos anos e isso, na melhor das hipóteses.
 6 - Você acha que a vida na terra estaria condenada? não! não estaria, a humanidade sim e talvez os animais que conhecemos hoje.     Algumas plantas sobreviveriam e repovoariam a terra em algumas centenas de anos, talvez milhares de anos, o que pra humanidade é uma eternidade ao universo é um breve momento.
7 - Em milhares de anos, sem predadores por perto, os insetos, aracnídeos ou outros animais pequenos que pudessem sobreviver dos corpos que sobrassem e das poucas plantas, poderiam crescer em tamanhos que a mente humana não é capaz de aceitar hoje em dia,  se desenvolver, inclusive desenvolver sua estrutura neural, ou seja seus cérebros, melhorando sua percepção, sentidos físicos e coordenação motora talvez melhor do que a mente humana hoje que lida apenas com 10% de sua capacidade neural, o que faria deles a espécie dominante na terra, até quando a natureza quisesse.  Imagine por um momento uma floresta com aranhas gigantes, cheias de teias ou humanoides descendentes de grilos com cérebros hiperdesenvolvidos... só imagine... Antes dos humanos serem a raça dominante os mamíferos na época dos dinossauros eram basicamente ratinhos que jamais teriam como se desenvolver, depois que todos morreram, os mamíferos puderam crescer a partir de poucas espécies que sobraram e não se engane, não pense que isso não vai mais acontecer pois a humanidade já está condenada a natureza é um ciclo, tudo começa onde acaba o outro.
   Só pra terminar o texto, para você cético, que acha que a vida sempre vai ser essa casinha de cerca branca e o carro do ano na garagem, pois bem, saiba que ATUALMENTE, já foi provada uma síndrome

(Síndrome do Colapso das Abelhas), que é basicamente isso, as abelhas misteriosamente somem da colmeia deixando tudo para trás, somem sem deixar nenhum rastro e isso já foi confirmado em mais de 10 países. e ai? você acha que o maior físico que conhecemos estava falando bobagem? será? deixe seu comentário.

Vejam esse video do canal Discovery sobre o que aconteceria a terra se a humanidade sumisse.
Se gostou da história, ou se não gostou também, deixe seu comentário embaixo e não se esqueça de se inscrever no blog, para ficar ligado sempre nas minhas histórias.

terça-feira, 17 de maio de 2016

O Mistério por trás de Pokemon

     Em 1997, no Japão, Pókemon era exibido com episódios inéditos pra todos, sua audiência ultrapassava as vezes mais de 400 mil televisores ligados. Um episódio de Pokémon foi banido no mundo todo, o episódio se chamava O Soldado Elétrico Porygon, e por que ele foi banido? Mais de 600 crianças passaram mal, tiveram cegueira temporária, febre, ataques epiléticos, dentre outras coisas e é claro que o governo não poderia ficar calado diante disso. A ciência explica que a imagem criou uma frequência regular de 12 hz através do conjunto de luzes ligados, vermelho e azul, 1 a cada 1000 crianças, em média, teriam esse problema, é claramente um problema neural, até um leigo pode ver
isso.

     O que as pessoas talvez não percebam, é: Porque essa técnica foi usada? eles já sabiam que isso podia acontecer? é muito simples, enganar o cérebro, mais simples ainda é fazer com que seu cérebro te engane, extremamente fácil enganar o cérebro de uma criança e tudo isso para que? é claro, não é fácil descobrir algo tão bem planejado, mas vamos aos fatos.

    Pelo que eu pesquisei, mesmo dos casos mais graves das crianças, não houveram mortes, mas houve uma mudança clara em seus comportamentos.

CASO SAKAKIBARA SEITO



Um dos casos mais chocantes no Japão é sem sombra de dúvidas o caso “Sakakibara Seito”, pseudônimo de um garoto assassino, também conhecido como “Garoto A” e “Onibara”, na época com 14 anos. Ele foi o responsável por duas mortes de duas crianças, sendo uma de 11 anos, que acabou tendo sua cabeça decepada, além disso o garoto atacou três garotas na região de Kobe no ano de 1997.
    Ele espalhava terror, falava coisas que ele não tinha como ter conhecimento, além de deixar bilhetes macabros na escola e enviar aos jornais. Ele foi pego logo depois, sua identidade jamais revelada, até o código penal do Japão foi mudado, porém o garoto não tinha como ser mantido na prisão, sendo assim, levado a um hospital psiquiátrico onde vive até hoje, ele não demonstra violência alguma, afirmam enfermeiros, é um garoto bom, mas parece que vive em outro mundo, ele prefere ler histórias mas não abre mão de ver seu desenho favorito Pókemon. Existem muitos relatos, misteriosos pelo mundo, hoje o episódio o episódio original pode ser visto facilmente pela internet, muita gente pode dizer ok, ok mas eu vi Pokémon e não me aconteceu nada, por que? Algumas pessoas tem o corpo mais aberto a esse tipo de coisa, é mais apta a ser controlada ou talvez tenha tendencias a psicopatia, sociopatia e o desenho secretamente forneceu isso sem ninguém perceber, deu o ingrediente que precisavam, digamos assim.
     Esse garoto foi pego, contudo, sabemos dos inúmeros casos sem respostas, pessoas desaparecidas, crianças com comportamentos estranhos, as vezes a resposta está naquilo que achamos mais impossível, naquilo que queremos evitar, mas lá no fundinho da nossa subconsciência, sabemos que é verdade!
Se gostou da história, ou se não gostou também, deixe seu comentário embaixo e não se esqueça de se inscrever no blog, para ficar ligado sempre nas minhas histórias.




sábado, 7 de maio de 2016

Lendas Sobre Gatos.

Gatos
É notável a energia que os gatos transmitem, e isso não é de hoje, há muitas lendas por trás dos bichanos, muitas sem realmente nenhum fundamento, mas outras são assustadoramente reais, como por exemplo eles terem 7 vidas, ora é claro que isso se refere a que eles são muito espertos e se arriscam, dificilmente perdendo a sua vida numa coisa simples. No Egito antigo os gatos eram venerados, e esse acabou sendo o ponto fraco deles; em alguns países gato preto atravessar na sua frente? Se prepare, ganhou 7 anos de azar, já em outros países significa sorte. Eles tem instinto caçador, olfato aguçado e visão noturna, não que chegue perto da de um tigre de bengala mas ainda sim é muito melhor que a humana, alguns dizem que os cachorros são o melhor amigo do homem e que o gato seria invenção do diabo. Bobagem!! antes de contar a minha lenda, queria fazer uma reflexão sobre gatos.
O cachorro seria mesmo o melhor amigo do homem? Por que? Bom, tenho certeza que você diria, que ele nunca sai do seu lado, mesmo que não tenha comida para dar a ele, você pode bater nele que ele continua sendo seu amigo... ok... isso é verdade, mas você já parou pra pensar que o SER HUMANO não é assim? Ele não vai ficar do seu lado ate ele morrer, muito difícil se você ofende lo, ou por muito menos, somos individualistas, até cruéis, os cachorros não são nada parecido com humanos, o ser humano é um ser que se nega a sua própria natureza e se acha melhor que tudo que existe na terra. Alguns odeiam gatos e dizem que eles são manipuladores ou isso e aquilo, e o que eu tenho a dizer é, os gatos não são seres humanos, então não esperem que eles ajam como tal, eles não gostam de ficar fora de casa, e se você quer ter um, saiba que ele vai subir em tudo e vai dar trabalho, eles são gatos e vão agir como gatos e sabem sim ser os melhores amigos que alguém poderia ter. Eu tive gatos desde criança e a única dor que eles me causaram foi ao me deixarem por que infelizmente, vivem muito pouco.
Mas ok, vamos a história
A lenda mais aceita sobre os gatos, fala que eles tem a energia fina, apesar de estar em nossa dimensão, eles podem ver o mundo espiritual ao mesmo tempo, eles sentem e veem tudo. Uma lenda antiga conta sobre uma família que se muda pra uma casa e um tempo depois sua filha começa a demonstrar problemas com bronquite, os pais cuidavam muito dela, mas a doença nunca sarava.
A garota, que ainda era bem pequena, (talvez ela tivesse uns 7 anos) afirmava que um duende entrava em seu quarto enquanto ela estava dormindo, claro que ela provavelmente não diria com essas palavras, mas o duende entrava em seu quarto sim e sugava sua energia deixando a fraca.
Ela não podia ter animais que agravariam sua doença e bom, brincar no quintal, nem pensar, dali então sempre teve uma infância difícil, contudo, o gato que morava ali naquela casa, antes deles chegarem não queria sair dali, diversas vezes ele entrou no quarto da garotinha, que por sua vez, começou uma amizade secreta com o gato, claro que não demorou muito pra ser notado, o estranho é que a doença da menina melhorou, fazendo assim o pai da menina deixar ela com o gato.
A mãe, não estava em casa, tinha ido viajar, buscar algumas coisas que haviam ficado na casa antiga e também tinham umas coisas a resolver, fazendo – a ficar longe de casa umas 2 semanas mais ou menos. Quando ela chegou em casa, recebeu a notícia sobre a melhora da doença da garotinha com muita alegria, até notar que havia mais um habitante em casa:Você está louco? Como pode permitir isso com a nossa filha doente, e depois de tanto tempo para melhorar, você quer que ela piore de novo? Só pode ser isso não é?. Disse a mãe histérica...
O pai explicou que o gato já estava ali faz dias e até agora não tinha acontecido nada, mas isso não a convenceu.
Claro que não tem como tirar um gato de casa, a menos que você o solte bem longe...
Mal sabia ela que o gato estava defendendo a menina do duende, que apesar de ser esperto, não tinha força pra competir com um gato, só podia ficar escondido no buraco mágico que ele construíra na parede, do tamanho da casinha do Jerry, do desenho Tom and Jerry.
Depois da terceira semana, o gato trouxe para dentro de casa uma pombinha que ele caçou, e a mãe se encheu mais ainda de raiva, tanto que colocou veneno de rato no leite e deu para o gato, que morreu no mesmo dia.

A menina chorou e esperneou, ficou com muita tristeza e muito medo, pois sabia que agora não teria ninguém para ajuda-la a noite.
Não deu outra, depois de uns meses, a bronquite voltou e ainda mais forte, levando a menininha a morte antes de completar os 10 aninhos de idade e os pais jamais saberiam o que acontecera realmente com a menina.

Se essa lenda é verdade ou não, não se sabe, mas sabe, ter um amigo 24 horas atento que te defendo desse tipo de coisa sempre é bom não é mesmo?

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Lobisomens O Surgimento

    Bom dia,
    Estive repassando minhas histórias antigas neste blog e acabei trombando numa lenda ridícula sobre lobisomens e vampiros. Eu mesmo escrevi com base no filme Anjos da Noite e vi que depois dessa história não há mas nenhuma menção sobre lobisomens, então achei mais do que justo fazer uma postagem sobre eles.

Tudo deu se início na Babilônia, o grande rei Nabucodonosor, Depois que Neco II, faraó do Egito, derrotou Assírios em Carquêmis, as terras da Síria que estavam sob controle dos assírios passaram ao controle egípcio, enquanto que as outras terras restantes assírias foram divididas entre os "medos" e os babilônios; Nabucodonosor, porém, pretendia conquistar a Síria, e lutou contra Neco, em Carquêmis, derrotou os egípcios, e conquistou a Síria e a Israel.

Nabucodonosor também conquistou a Israel (este território ainda não tinha recebido o nome de Palestina), tomou Jerusalém, e levou judeus cativos para a Babilônia, inclusive o profeta e futuro arcanjo Daniel, isso muitos anos antes de cristo.
   O rei era um homem cheio de si, orgulhoso, e ambicioso, tinha um imenso reino cheio de habitantes.
   Perto da torre do rei, um pastor de cabras trabalhava em meio as plantações, trabalhava o dia todo e as vezes parte da noite enquanto sua mulher e filho ficavam trabalhando em casa, os três eram muito pobres, tudo que conseguiam era pra seu consumo e pagar impostos, o filho não era lá muito educado e o pastor era muito rígido.
    Certo dia, o rei Nabucodonosor tem um sonho e nele, se vê no seu reino, havia uma imensa árvore que dava sombra, água e comida para todos, ainda sim, descia um anjo e dizia para ele cortar a árvore, do contrário seria lançado nele a fúria de Deus.    Como na época, sonhos eram levados muito a sério, Nabucodonosor após algumas tentativas de interpretação do seu sonho errôneas, resolveu chamar Daniel, para interpretar seu sonho.
   Daniel o profeta foi a torre do rei e a interpretação dele foi a seguinte: A árvore do seu sonho, representa o seu orgulho e quando você corta ela, corta seu orgulho e se rende a humildade para com seus semelhantes aceitando assim a vontade de Deus.
   Claro que Nabucodonosor não achou muito conveniente aquilo já que pare ele, tinha sido o melhor rei de todos os tempos.
   Naquele mesmo anoitecer mais ou menos ao pôr do sol antes da lua cheia se colocar no céu, aquela mulher do pastor estava matando e preparando uma galinha que havia ganhado de presente de aniversário de casamento, depois de pronta, ela mandou uma marmita para o marido pastor que estava trabalhando no campo, o pastor estava no trabalho ainda e escutando barulhos esquisitos, algo estava assustando as cabras, seria um lobo?
   Seu filho estava a caminho, quando encontrara um homem com vestes muito bonitas, queria saber onde havia um rio, o garoto o informou meio desconfiado, o homem para agradecer deu lhe um conselho. “Um garoto tão magro, deprimente!! Fazendo essa viagem tão grande, deve estar com fome não?, por que não faz o seguinte...”
  Cochichou algo no ouvido do menino, que por um momento pensou que estivesse falando com o rei, mas não era ele, seus olhos estavam amarelados e o rosto estava cheio de pelos.
  Chegando até seu pai, o garoto chegou e entregou uma marmita pra ele com apenas ossos, e disse que foi sua mãe que havia feito isso, comido o presente deles e mandado apenas ossos, o pastor vedo aquela marmita cheia de ossos, pensou em mil coisas, não, ele não ia deixar isso barato, não ia sujar sua honra, ia matar sua esposa, sem perceber que caia em devaneio o pastor olhou pro filho e no mesmo momento, pegou um machado e foi ao encontro da esposa.
   Houve uma grande confusão que infelizmente acabou na esposa completamente ferida a beira da morte, o marido cheio de desgosto acabara de se enforcar.  
  Mesmo ensanguentada e quase morrendo, a esposa pôde ver quando um lobo monstruoso e muito grande se aproximava dos dois.
  Alguns momentos antes, quando a lua cheia ergueu no céu, o rei Nabucodonosor foi tirado dos homens e se cumpriu o que foi dito em seu sonho, cresceram lhe pelos e garras e ele não pode se misturar nem aos animais nem aos humanos pois era uma aberração da natureza, além disso estava sedento por sangue, tanto que acabou comendo o pastor de cabras e comeu parte da esposa q já estava no chão ferida, sumindo logo em seguida, satisfeito.
  O filho chegou em casa e se deparou com aquela cena, sua mãe no chão toda ensanguentada e com as pernas aparentemente arrancadas.
  Chegando mais perto de sua mãe, completamente assustado, foi tentar ver se ela estava respirando, e no seu ultimo sopro de vida, a mãe delirando, morde na região próxima a clavícula do garoto passando a maldição a frente, claro que ele não saberia disso até completar seus 18 anos, mas ainda sim, não era bobo para ficar ali naquela cena de crime, se alguém chegasse ali quem sabe o que poderia acontecer com ele, então com o coração ferido e cheio de remorso e vergonha o jovem Venâncio foge para longe.
  Depois de todos esses acontecimentos, o Rei aceitou sua rendição e acabou se convertendo, perdendo a maldição, os crimes foram apontados para o filho do casal que fugira e jamais foi visto desde então.