Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de novembro de 2008

O Passageiro do Banco de Trás

Numa noite sombria, uma garota viaja sozinha, ela estava na faculdade e estava saindo pro final de semana na casa dos seus pais, ficava meio longe, mas ela sempre fez esse trajeto desde o inicio das suas aulas na faculdade, mas áquela noite era especialmente diferente, dava pra perceber no ar que havia algo diferente, algo aterrorizante por ali e ainda por cima, pra piorar no meio da estrada, distraída, percebe que a gasolina de seu carro está acabando.
   Ela, ja nervosa com o que poderia fazer, imagina acabar a sua gasolina assim no meio do nada? Sua sorte foi ver um posto de gasolina ali, quase incoberto pela névoa um posto de gasolina bem perto dali,(começa a chover) um frentista nada agradável, e gago, atende ela ele com um ar de malandro, da uma olhada no carro de cima a baixo, diz quanto a garota deve pagar, ela entrega seu cartão de crédito a ele que vai para dentro... Olhando ao seu redor, ela poderia jurar de pé junto que aquele posto estava abandonado, estava tudo escuro e a lojinha de conveniência só tinha uma luz fraca,mas o que poderia acontecer ali? ela ja estava dentro do carro mesmo
depois de um curto tempo ele volta e diz que a companhia do cartão está no telefone e pede pra ela descer e atender o telefone, e ela nada boba, pega seu spray de pimenta sem que ele veja e vai até a convieniencia do posto morrendo de medo
Ela vai até la...  Ele tranca aporta...Ela pega o telefone devagar do gancho e ouve que o telefone está mudo, então num flash, ela entendeu tudo, ele ia iria prende-la, estupra-la, só Deus sabe o que aconteceria com ela ali dentro, fica super, hiper assustada pois o telefone está mudo, quando  o frentista chega, meio apavorado para o espanto dela e chega tentando dizer algo mas não consegue pois era gago.
 ela pega o telefone e joga contra a porta que era de vidro, espirra seu srpay no frentista e sai pela porta quebrada...
sai correndo toda machucada entra no seu carro e vai embora, imaginando tudo isso ter acabado, mas que terror! ela já estava pensando na historia pra contar aos seus pais quando chegasse em casa, nisso o frentista vem e consegue finalmente gritar
-TEM ALGUÉM NO BANCO DE TRÁS...
Claro, ela não houve, só se escuta o barulho do machado do individuo que está no banco de trás atravessar sua garganta e bater no vidro esquerdo do carro.
lembre-se antes de sair de carro, verifique o banco de trás, nunca se sabe a hora que um psicopata como este decide atacar.
ESTA FOI A LENDA DO BANCO DE TRÁS DO CARRO