Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de março de 2016

Narguilé O que você pensa que sabe não é verdade!

Boa Tarde leitores, faz tempo que não nos falamos não?! Hoje vim trazer uma história sobre um produto muito conhecido, talvez por você ou por algum primo seu, enfim, não importa, falarei sobre o Narguilé, bom como não é do meu costume, não vou falar sobre a história do mesmo, já que meu blog não se trata disso, de fato o que estou postando é apenas uma reflexão sobre as mentiras que o governo nos conta, e de fato o narguilé foi proibido no Brasil, foi declarado pela OMS como sendo mais prejudicial que o cigarro.
Faz uns anos que a febre do narguilé, mais conhecido como chicha chegou ao Brasil e em todo o Sul da América, acontece que isso nunca foi bom para o nosso governo, já que a comercialização do mesmo, nunca gerou lucro em forma de impostos ao governo, existem narguilés sendo vendidos em camelódromos sem pagar um pingo de imposto.

No Brasil e no mundo todo o tabaco tem sido vendido durante muitos anos, não é novidade que o cigarro contenha substancias tóxicas, estamos cansados de ler 4700 substancias tóxicas, que causam uma das piores abstinências que uma droga pode causar, no entendo, como o governo detêm uma parte significativa do cigarro que é vendido legalmente, através de imposto, isso não gera qualquer aborrecimento ou proibição ao governo.
Quem fuma não pode negar que o cigarro é terrível, os seus efeitos negativos não demoram a aparecer, a gente sabe e sente que faz mal a cada tragada, a abstinência é muito grande, inclusive antes do cigarro acabar no masso, vem a preocupação de comprar outro.
   Parar de fumar é ainda mais doloroso, algumas pessoas chegam a ficar um ano inteiro com o humor péssimo, estressadas, nervosas, sem paciência pra nada, e a vontade de fumar é igual ao ódio que se pega da substancia, sem falar que mais de 80% das pessoas que tentam parar, voltam.

Se você der uma busca no Google sobre o Narguilé, não vai encontrar nenhum estudo científico real sobre ele, não vai encontrar químicos famosos, não vai encontrar paletas de estudos e as substancias isoladas, devidamente observadas, assim como qualquer estudo científico pede.
   Vai encontrar especulações dizendo que o mesmo é equivalente a 20 cigarros, 30 cigarros, e ate 100 cigarros dependendo do narguilé? Não! dependendo do site, é claro, nenhum deles apresenta um fato concreto, de fato, a OMS proibiu e isso foi usado como argumento.
 Pra bom entendedor meia palavra basta não é? Sim, mas é legal explicar para vocês.

Se por dia, um jovem que fuma narguilé o tempo todo, digamos que 4 dias por semana, e o mesmo equivale a 100 cigarros a abstinência seria terrível, no entanto não se vê ninguém em clínicas de reabilitação querendo se curar do narguilé, não se vê nem por um dia alguém em abstinência real do narguilé, o que chega a ser um tanto ridículo, quase uma piada dizer que um negócio que equivale a 100 cigarros, sendo  que é fumado com regularidade e muitas vezes quase todos os dias, sem causar nenhuma coisa que fumar 700 cigarros por semana causaria. acredite se você acredita nisso, tu é um mané.
Isso nunca passou de uma estratégia dos governos, um equívoco, fumar narguilé não é equivalente a nenhum cigarro, a excencia não contém níveis suficientes de nicotina e ainda sim os mesmos são filtrados pela água, já que a nicotina é pesada e é carregada pela água, experimente fumar cigarros com os dedos suados pra você ver como vai ficar amarelos seus dedos e unhas, isso é a nicotina.
Esse equívoco sobre o narguilé não deve ser levado a sério, e se você realmente acredita que o nosso Google não é filtrado, faça uma busca real em sites sem filtros, ou veja um estudo científico comprovado sobre esse assunto use o TOR.
É difícil se comparar de forma verdadeiramente científica o consumo de cigarros ao uso de narguilé. O primeiro contém inúmeros componentes químicos, enquanto que o segundo é muito mais complexo, composto principalmente (80% ou mais) de monóxido de dihidrogênio e glicerol (biologicamente inativo). O meso pode ser dito sobre comparações entre o fumo e a exposição passiva à fumaça do tabaco. A rejeição, no relatório da OMS, de estudos científicos iniciais conduzidos pelos mais renomados especialistas em câncer e tabaco (Wynder, Hoffmann, Rakower, Roffo, Sanghvi, etc.)
NÃO ACREDITE NO SEU GOVERNO, ele mente para você!!