Translate

Seguidores

Total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Lobisomens O Surgimento

    Bom dia,
    Estive repassando minhas histórias antigas neste blog e acabei trombando numa lenda ridícula sobre lobisomens e vampiros. Eu mesmo escrevi com base no filme Anjos da Noite e vi que depois dessa história não há mas nenhuma menção sobre lobisomens, então achei mais do que justo fazer uma postagem sobre eles.

Tudo deu se início na Babilônia, o grande rei Nabucodonosor, Depois que Neco II, faraó do Egito, derrotou Assírios em Carquêmis, as terras da Síria que estavam sob controle dos assírios passaram ao controle egípcio, enquanto que as outras terras restantes assírias foram divididas entre os "medos" e os babilônios; Nabucodonosor, porém, pretendia conquistar a Síria, e lutou contra Neco, em Carquêmis, derrotou os egípcios, e conquistou a Síria e a Israel.

Nabucodonosor também conquistou a Israel (este território ainda não tinha recebido o nome de Palestina), tomou Jerusalém, e levou judeus cativos para a Babilônia, inclusive o profeta e futuro arcanjo Daniel, isso muitos anos antes de cristo.
   O rei era um homem cheio de si, orgulhoso, e ambicioso, tinha um imenso reino cheio de habitantes.
   Perto da torre do rei, um pastor de cabras trabalhava em meio as plantações, trabalhava o dia todo e as vezes parte da noite enquanto sua mulher e filho ficavam trabalhando em casa, os três eram muito pobres, tudo que conseguiam era pra seu consumo e pagar impostos, o filho não era lá muito educado e o pastor era muito rígido.
    Certo dia, o rei Nabucodonosor tem um sonho e nele, se vê no seu reino, havia uma imensa árvore que dava sombra, água e comida para todos, ainda sim, descia um anjo e dizia para ele cortar a árvore, do contrário seria lançado nele a fúria de Deus.    Como na época, sonhos eram levados muito a sério, Nabucodonosor após algumas tentativas de interpretação do seu sonho errôneas, resolveu chamar Daniel, para interpretar seu sonho.
   Daniel o profeta foi a torre do rei e a interpretação dele foi a seguinte: A árvore do seu sonho, representa o seu orgulho e quando você corta ela, corta seu orgulho e se rende a humildade para com seus semelhantes aceitando assim a vontade de Deus.
   Claro que Nabucodonosor não achou muito conveniente aquilo já que pare ele, tinha sido o melhor rei de todos os tempos.
   Naquele mesmo anoitecer mais ou menos ao pôr do sol antes da lua cheia se colocar no céu, aquela mulher do pastor estava matando e preparando uma galinha que havia ganhado de presente de aniversário de casamento, depois de pronta, ela mandou uma marmita para o marido pastor que estava trabalhando no campo, o pastor estava no trabalho ainda e escutando barulhos esquisitos, algo estava assustando as cabras, seria um lobo?
   Seu filho estava a caminho, quando encontrara um homem com vestes muito bonitas, queria saber onde havia um rio, o garoto o informou meio desconfiado, o homem para agradecer deu lhe um conselho. “Um garoto tão magro, deprimente!! Fazendo essa viagem tão grande, deve estar com fome não?, por que não faz o seguinte...”
  Cochichou algo no ouvido do menino, que por um momento pensou que estivesse falando com o rei, mas não era ele, seus olhos estavam amarelados e o rosto estava cheio de pelos.
  Chegando até seu pai, o garoto chegou e entregou uma marmita pra ele com apenas ossos, e disse que foi sua mãe que havia feito isso, comido o presente deles e mandado apenas ossos, o pastor vedo aquela marmita cheia de ossos, pensou em mil coisas, não, ele não ia deixar isso barato, não ia sujar sua honra, ia matar sua esposa, sem perceber que caia em devaneio o pastor olhou pro filho e no mesmo momento, pegou um machado e foi ao encontro da esposa.
   Houve uma grande confusão que infelizmente acabou na esposa completamente ferida a beira da morte, o marido cheio de desgosto acabara de se enforcar.  
  Mesmo ensanguentada e quase morrendo, a esposa pôde ver quando um lobo monstruoso e muito grande se aproximava dos dois.
  Alguns momentos antes, quando a lua cheia ergueu no céu, o rei Nabucodonosor foi tirado dos homens e se cumpriu o que foi dito em seu sonho, cresceram lhe pelos e garras e ele não pode se misturar nem aos animais nem aos humanos pois era uma aberração da natureza, além disso estava sedento por sangue, tanto que acabou comendo o pastor de cabras e comeu parte da esposa q já estava no chão ferida, sumindo logo em seguida, satisfeito.
  O filho chegou em casa e se deparou com aquela cena, sua mãe no chão toda ensanguentada e com as pernas aparentemente arrancadas.
  Chegando mais perto de sua mãe, completamente assustado, foi tentar ver se ela estava respirando, e no seu ultimo sopro de vida, a mãe delirando, morde na região próxima a clavícula do garoto passando a maldição a frente, claro que ele não saberia disso até completar seus 18 anos, mas ainda sim, não era bobo para ficar ali naquela cena de crime, se alguém chegasse ali quem sabe o que poderia acontecer com ele, então com o coração ferido e cheio de remorso e vergonha o jovem Venâncio foge para longe.
  Depois de todos esses acontecimentos, o Rei aceitou sua rendição e acabou se convertendo, perdendo a maldição, os crimes foram apontados para o filho do casal que fugira e jamais foi visto desde então.